Lui / Conceito Criativo

Queremos mostrar a importância do planejamento de Marketing para os processos de vendas, criando assim ações que fortalecem as forças de vendas. Nos tempos atuais a competitividade está muito acirrada, as empresas cada vez mais qualificadas, os consumidores mais informados, enfim se as empresas não construírem um ambiente consolidado e flexível para atender as mudanças e as inovações constantes exigidos pelos tempos modernos, com certeza fecharam suas portas.


A venda é um processo que deve ter um planejamento muito bem realizado em todas as suas etapas, procurando fazer com que o cliente continue a comprar sempre que seus produtos atendam seus desejos e necessidades, portanto tem começo, meio, mas não tem fim, tem um nível de complexidade em muitos casos muito elevado. 
Existe processo de vendas curto e existe processo de vendas longo, como é o caso de uma venda realizada levando em conta a apresentação do produto de forma que o consumidor realize a compra por impulso, modelo de venda a varejo. Outro modelo uma venda de um móvel planejado onde o vendedor para realizá-la tem um trabalho de visita em obra, medição, projeto, apresentação, mudança no projeto e o momento de compra do consumidor que pode estar na fase de inicial da construção, levando que até o momento efetivo da compra ser até de anos.

O comercio de varejo sempre foi e será a maior fonte de modelos de processos de vendas criados ou adaptados para todos os gostos. Temos grandes casos de sucessos de vendedores criativos e determinados. Posso citar um caso de um comerciante de cidade pequena há muitos anos que colocava uma pequena placa de metal com cola embaixo do quadro de bicicleta com a seguinte anotação “esta bicicleta é produzida com peça genuína”.

A bicicleta do concorrente era a mesma, então ele com todos os clientes levantava a bicicleta, virava de cabeça para baixo e mostrava a placa. Quando o cliente chegava à outra loja pedia para que o outro vendedor fizesse o mesmo e quando este a levantava não existia a placa, este vendedor perdeu muita venda sem saber o motivo. 
Outro caso também desde comerciante que o concorrente colocava os Acordeons (sanfonas) que eram um produto de venda dentro de uma vitrine para que ninguém colocasse a mão para não estragar, o cliente desta cidade que era tipicamente rural não tinha como manusear este produto, este comerciante fez a opção de não colocar na vitrine e aprendeu também algumas notas, quando o cliente chegava tinha acesso para tocar e escutar várias musica inclusive outros clientes que passavam paravam para ouvir as musicas tocadas, atraindo outros clientes.

Um último caso foi à venda de máquina de costura onde na época era um produto de muita procura e que todos os clientes queriam e exigiam antes da compra que ele fizesse um pequeno teste de costura para ver se máquina costurava qualquer tipo de tecido, era uma prática comum na venda, os lojistas tinham retalhos de todos os tecidos para que o cliente fizesse o teste.

Este comerciante durante viagens de compra na cidade de São Paulo aprendeu que existem vários tipos de agulhas que costuram até couro, ele colocava nas máquinas e quando do teste do cliente, colocava um retalho de tecido dobrado e a agulha comum não conseguia furar e quebrava, na máquina deste comerciante o tecido costurava tranquilamente enquanto que nas do concorrente não ficava uma agulha inteira, ele fornecia esta pequena amostra de retalho aos clientes que levavam ao concorrente e era colocar e “agulha quebrada”. 
Este comerciante foi meu pai Jota Moreira, que além da criatividade na venda ainda criou uma marca e um slogam, J.Moreira “vende de qualquer maneira” integrando uma grande força de venda a uma estrutura de comunicação com o cliente de forma atrativa e focada na classe popular e rural do cliente da época. Os meios utilizados eram rádio, eventos como a festa do carroceiro, corrida de bicicletas, e já na década de 80 os cursos de culinária.

Vamos trazer estes exemplos para nosso tema onde a utilização de técnicas de vendas com o Mix de marketing é uma forma imbatível de sucesso para as empresas de todos os seguimentos. O Marketing não é venda, muitos fazem confusão, podemos dizer que o Marketing cria o desejo de compra construindo um ambiente que leve o seu cliente a comprar de você desde que suas expectativas sejam atendidas.
As vendas são os processos operacionais que efetiva as compras de seu cliente quando estes motivados por ações de planejamento de Marketing faz a opção para comprar de você

Não há como ter sucesso de vendas sem planejamento, sem saber onde o seu cliente está, porque sem uma boa prospecção a possibilidade de acessar seu cliente fica prejudicada. A empresa tem que conhecer inteiramente seu cliente para que possa estar focada nele de forma que sua força de venda e seu planejamento de Marketing cheguem até eles.

Em seguida precisamos ter um planejamento de como fazer a abordagem, você conhecendo seu cliente poderá atender seus desejos e necessidades para que tenha produtos que sejam os que os clientes querem comprar, em outras palavras atender de forma personalizada seu cliente tanto individual ou segmentada.

Quando for fazer a apresentação de seu produto você terá a obrigação de conhecer com profundidade o seu produto, quando este conhecimento está integrado com o conhecimento do seu cliente e existe um planejamento consistente de marketing aliado à força de venda o resultado é a venda realizada.

A venda só acontece quando existe uma relação entre o que você proporciona através de vários fatores, entre eles: Ter um produto que seu cliente deseja, ter uma comunicação com seu cliente para que ele saiba que você tem o produto que ele deseja, uma força de venda com treinamento eficaz, um produto que tenha qualidade para atender as expectativas e uma estrutura adequada financeira , logística , física (loja física ou virtual) e muita criatividade buscando a inovação de forma adequada a seu público.

A Venda está fechada e pronto, cumprimos nossos objetivos, será verdade? Logicamente não, a venda como disse no inicio é um processo, ela possui várias etapas: Prospecção, abordagem, apresentação, fechamento da venda, e a principal que é o Pós Venda.

A Pós Venda é o que mantém toda a estrutura viva, como se fosse um moinho rodando com a força da água de um rio de forma contínua passando e dando força para que a roda não pare. Todos estes fatores, processos, técnicas vendas, planejamento, força treinada de venda, conhecimento do produto e cliente, inovação e criatividade é o conjunto de ações que sempre irá motivar os seus clientes para que continuem a comprar e divulgar sua empresa por ter sido atendido em todas as suas expectativas, sua empresa estará sempre tendo resultados positivos e com isto o sucesso.

Fonte: Portal Administradores