Lui / Conceito Criativo

Em que era nós vivemos? Digital ou pós-digital? Estamos na época mais interessante da nossa história, todavia, muitas novidades ainda estão por vir. As marcas hoje estão digitalmente engajadas (nem todas, mas boa parte sim). É verdade que ainda há muito por aprender sobre geração de conteúdo, atração do target , planejamento e integração das mídias. Mas, penso que é relevante ponderar um desenvolvimento já considerável.

Penso também que já é hora de transformar o pensamento digital em alma digital. Como assim? - Eu explico. Precisamos colocar na essência de nossas marcas o digital como pauta.  Já não basta desenvolver ações isoladas ou complementares, elas precisam ser na verdade o pontapé. Outro fato fundamental: a atitude, também deve ser digital.

Segundo Longo (2014), a alma digital deve ir muito além de sites, blogs ou páginas no Youtube, é mais do que e-commerce também. Precisamos empreender mais toda potencialidade do digital – explorar as reuniões em videoconferência, implementar sistemas colaborativos, eliminar estruturas piramidais e passar a operar em rede. São muitas ações pouco experimentadas ainda.

O fato é que, em pouco tempo a era pós-digital baterá a nossa porta e precisamos estar devidamente preparados para recebê-la e explorá-la com efetividade, inteligência e assertividade. A alma digital deve ser um mix de pensamento, estratégias e atitudes em todos os aspectos do negócio: on e off se convergindo de maneira harmônica e coerente. Pense nisso e uma excelente semana.

Fonte: Portal Administradores