Lui / Conceito Criativo

Uma foto de um produto pode ser maravilhosa, mas não explica tudo. São necessárias várias fotos e um pouco de texto para explicar as vantagens de um produto.

Um vídeo consegue explicar tudo sobre um produto e deixar você louco de vontade de comprar em questão de segundos! Não é a toa que o Facebook e o Google investem tanto nessa ferramenta.

Vídeo é muitas vezes ignorado pelas equipes de marketing porque é considerado um investimento alto e complexo. E realmente é muito mais fácil fazer campanhas apenas com design gráfico e anúncios. Porém, vídeo é uma ferramenta incrivelmente poderosa e que traz resultados muito mais rápidos.

Vou dar um exemplo. Eu gerencio dezenas de páginas no Facebook para clientes de vários portes. Um desses clientes tem cerca de 10.000 seguidores, e cada vez que publicamos uma foto ela atinge de 200 a 400 pessoas. Quando publicamos vídeos, eles atingem de 700 a 2000 pessoas (sendo que o último atingiu 4.300 pessoas em 4 dias). O resultado é simplesmente perfeito para nossa divulgação! Mas por que o vídeo dá tão certo?

Uma imagem vale mais que mil palavras

Vídeos transmitem uma mensagem de forma rápida e interativa. Pense no trailer de um filme. Em menos de 1 minuto, ele explica um pouco da história e já deixa você ansioso para ver o que vai acontecer! Agora pense nas propagandas do iPhone: em questão de segundos elas mostram o celular como se fosse um aparelho dos sonhos e todo mundo fica com vontade de comprar.

Esse é o poder dos vídeos: imagens em movimento, efeitos, cores, música, locução, texto e animações que transmitem uma mensagem super completa que chama a atenção dos consumidores.

Vídeos são beneficiados pelas redes sociais

Em poucas palavras: vídeo é a bola da vez. O Facebook já vem falando isso há muito tempo, e o Google continua a investir em todo um ecossistema em torno de vídeos. É por isso que as publicações de vídeo no Facebook aumentaram 75% em 2014.

Quando você posta um vídeo nas redes sociais, ele tem mais chances de gerar interações do que uma imagem ou link. Além disso, os vídeos tem um fortíssimo potencial viral (ou seja, são as mídias que têm mais chances de viralizar na internet).

Vídeos não são mais tão caros

Alguns anos atrás você ia gastar uma fortuna para fazer um vídeo aéreo da sua empresa, porque teria que contratar uma equipe de gravação, helicóptero, edição e muito mais. Hoje, apenas 1 pessoa consegue gravar as imagens com um drone, e depois editar. Os custos com vídeo cairam rapidamente na última década, o que tornou o vídeo acessível até mesmo para pequenas empresas.

Hoje existem agências especializadas em todos os tipos de vídeo: animações, vídeos explicativos, divulgação de produtos, vídeos aéreos com drone, cobertura de eventos, vídeos corporativos, treinamento e muito mais.

E se o seu orçamento é pequeno, você mesmo pode gravar vídeos curtos com seu celular. Se o conteúdo for interessante e bem feito, com certeza vai chamar atenção nas redes sociais e blogs.

Quando compensa investir em vídeos?

Seja sua empresa pequena ou de grande porte, já está mais do que comprovado que vale a penainvestir em vídeos como ferramenta de marketing digital. Porém, alguns casos dão um retorno muito maior. Veja alguns exemplos para programar suas próximas campanhas de marketing:

  • Lançar um produto: vai lançar um app, um linha de cosméticos, um livro, uma ferramenta? Faça um vídeo explicativo para mostrar os diferenciais do seu produto, ou teasers, que são pequenos vídeos dando uma prévia do produto antes do lançamento.
    Melhorar a imagem da empresa: os chamados vídeos institucionais ou corporativos são excelentes para divulgar sua empresa. Eles mostram o funcionamento, a equipe, produção e a tecnologia da empresa: ou seja, reforçam seus diferenciais para destacar sua empresa no mercado.
     
  • Divulgação mensal em redes sociais: contrate uma empresa para produzir vários vídeos curtos (20 segundos a 1 minuto) com temas variados sobre seus produtos ou serviços. Ao contratar um pacote grande de vídeos, o custo individual fica muito menor e você ganha arquivos para várias semanas de divulgação.
     
  • Explicar um serviço complexo: você vende um serviço super complicado? Faça uma vídeo-aula. Você pode colocar uma das pessoas da equipe para explicar, ou contratar um ator para deixar o vídeo mais dinâmico.
     
  • Dar dicas rápidas: faça apresentações dos seus produtos através de vídeos. Esse é um exemplo ótimo para quem vende viagens. Ao invés de escrever um texto enorme sobre um destino, basta fazer um vídeo curto com algumas dicas de viagem e fotos dos pontos turísticos!
     
  • Divulgar promoções: quer intensificar suas campanhas promocionais? Faça animações para enviar na sua lista de email e publicar nas redes sociais e blogs.