Lui / Conceito Criativo

Foto de asa de avião? Foto de prato de comida? Foto com pau de selfie? Se tudo isso soar familiar é porque você realmente está no Instagram. Mas além de todos esse clichês, hoje existem outras coisas que não podem faltar na rede social: marcas.

Dos mais dos 300 milhões de usuários ativos da rede social, uma parte considerável corresponde às empresas que buscam encontrar por ali uma forma de atrair e conversar com novos clientes. E olha, muitas delas já estão colhendo os frutos (ou curtidas) dessa invasão ao mundo das fotos.

A seguir, entenda como o Instagram mudou a forma como as marcas encaram a fotografia:

Dando voz (ou imagem) aos seguidores

Uma das maiores marcas de maior sucesso no Instagram, com certeza, é a GoPro. Famosa por seus vídeos que combinam cenas de ação e lugares paradisíacos, essas pequenas câmeras ficam diariamente ainda mais cobiçadas por causa da conta que a empresa mantém na rede social. O motivo? As fotos que eles selecionam de seus seguidores para postar por lá.

Criando uma espécie de competição, a marca apresenta por meio de seu perfil no “insta” o poder de suas câmeras, incentivando os usuários a usarem cada vez mais o produto e ainda despertando a cobiça por um lugar de destaque dentre os seus mais de 6 milhões de seguidores. Afinal, além da foto, a GoPro também posta o nome do usuário que capturou aquela imagem.

Mas, é claro, existem muitos outros motivos que fazem do Instagram um lugar perfeito para as marcas.

Conversando com o público certo

Quando a Taco Bell — uma enorme cadeia norte-americana de fast food — resolveu investir no mercado de lanches para o café da manhã, eles não tiveram muita dúvida de onde colocar o dinheiro. Com imagens criadas para mostrar os novos produtos envolvidos em situações que parecessem com as do dia a dia dos seguidores da marca, a Taco Bell apostou no Instagram na hora de planejar a ação. E, pelo visto, tudo funcionou muito bem.

Segundo os dados levantados pela própria rede social, a publicidade, que buscava conversar com pessoas de idade entre 18 e 44 anos, atingiu um número 4 vezes maior do que o esperado, falando com mais de 12 milhões de usuários dos Estados Unidos. Número esse que representa cerca de um terço dos clientes semanais da empresa.

A hora e a vez dos vídeos nos Instagram

Muito se engana quem pensa que Instagram é lugar só para fotos. Em junho de 2013 a rede social inovou ao possibilitar o upload de vídeos em seus perfis, algo que foi super bem vindo por várias pessoas naquela época. Hoje, mais de 2 anos depois, os vídeos já não são mais novidades na timeline e grandes marcas estão adorando usar esse recurso por lá.

A Disney, por exemplo, quando quis botar mais lenha na fogueira de expectativas dos fãs de Guerra nas Estrelas, usou o Instagram para divulgar uma nova prévia de Star Wars: O Despertar da Força — que ainda aproveitou para promover o novo recurso de tela cheia do aplicativo.

Vale dizer, também, que o diretor Jon Favreau (um grande influenciador digital, diga-se de passagem) fez a mesma coisa ao usar o seu perfil na rede para mostrar um pequeno pedaço do trailer da nova versão de O livro da selva.

Com grandes poderes e grandes responsabilidades, o uso do Instagram pelas marcas tem sido cada vez mais importante na hora de pensar em novas estratégias de marketing e no posicionamento digital de cada uma delas. E é interessante perceber que até as fotos de asa de avião, de pratos de comida e de pau de selfie, atualmente, já podem ser cogitadas na hora de pensar em conteúdo para essa poderosa rede social.

E você, tem usado o Instagram para promover sua marca?

Fonte: Portal Administradores