Lui / Conceito Criativo

Apesar de parecer inevitável nos dias de hoje, é possível impedir que empresas rastreem os movimentos dos usuários na internet com algumas atitudes simples e que não requerem grandes conhecimentos em tecnologia. O site Business Insider listou 12 passos para garantir sua segurança na internet e evitar a vigilância desnecessária. Confira:

1. Use uma VPN para esconder seu endereço IP
A rede privada virtual protege o usuário contra hackers, criptografando as informações que viajam pela internet. A VPN também é uma boa opção na hora de utilizar redes Wi-Fi públicas, já que garante a criptografia das informações.

2. Cuidado com os serviços na nuvem
Garanta sempre que informações importantes estejam armazenadas em um disco rígido externo que não é conectado à internet. Apesar de serem seguros, os serviços de armazenamento na nuvem não são impenetráveis.

3. Não vincule suas contas
Vincular as contas pode ser uma boa maneira de agilizar os logins, mas também pode falicitar a vida dos hackers. 

4. Nunca escolha como resposta de perguntas de segurança informações que podem ser encontradas através do Google
Por exemplo, uma simples busca no Google pode ser capaz de mostrar de onde você costumava morar ou nome de solteira da sua mãe. Escolha sempre informações que não são fáceis de encontrar, mas que fazem sentido para você.

5. Quando entrar em sites de bancos ou onde há informações sensíveis, verifique se o site é seguro
Se você está compartilhando dados importantes, como o seu número de cartão de crédito, certifique-se de que a página é criptografada. Se você não visualizar o símbolo de cadeado no navegador, não efetue nenhuma transação.

6. Use a autenticação em duas etapas
A autenticação de dois fatores garante que, mesmo se descobrirem sua senha, os hackers não conseguirão acessar a conta.

7. Escolha uma senha inteligente e difícil de adivinhar
A maioria das pessoas acredita que suas senhas são difíceis de adivinhar, mas a verdade é que os usuários costumam usar as mesmas combinações. Por exemplo, a senha mais comum em 2014 foi "123456", seguida por "password". Use letras maiúsculas e minúsculas e números fora de ordem para deixar sua palavra-chave mais segura.

8. Use PGP para enviar mensagens seguras 
PGP significa "Pretty Good Privacy", e é uma maneira fácil de criptografar suas mensagens. A ferramenta usa uma chave pública, que é a informação necessária para critografar a mensagem, e a chave privada, que funciona como uma espécie de senha para decifrar a mensagem.

9. Escolha o Tor para navegar na internet anonimamente
O Tor funciona de maneira bastante parecida com qualquer outro navegador, mas é mais seguro do que eles porque mascara o endereço de IP. O ponto fraco é que, com ele, a navegação fica bem mais lenta.

10. Use a extensão 'Ugly e-mail' para saber quando alguém está monitorando seu e-mail ou navegador
Essa ferramenta pode mostrar ao usuário quando seus e-mails no Gmail estão sendo rastreados. Ao instalá-la, um ícone de um olho aparece ao lado de qualquer mensagem que estiver sendo monitorada. 

12. Desative o rastreamento no Facebook 
Clique na seta para baixo no canto superior direito da página e vá até 'Configurações'. Em 'Anúncios', clique em 'Editar' na seção 'Anúncios com minhas ações sociais' e clique em 'Ninguém'

13. Desative o rastreamento no Google
No controle de atividades, é possível desativar o rastreamento no histórico de pesquisa, navegação, localização e nas informações do telefone. Desative cada uma delas manalmente.